Livros usados entre os 5€ e os 10€

Sabia que, na Livraria Alquimia pode encontrar livros usados entre os 5 euros e os 10 euros? É verdade. Livros de grande qualidade e de diversos autores. Quem não gosta de aproveitar promoções assim? Os livros estão “novos” com raras marcas de uso, prontos para si. 

Sente-se curioso? Está no sítio ideal. Vamos apresentar-lhe alguns dos livros que temos para si:

2666 – Roberto Bolaño

O que liga quatro germanistas europeus ao repórter afro-americano Oscar Fate, que viaja até ao México para fazer a cobertura de um combate de boxe? Também o que é que liga este último a Amalfitano, um professor de filosofia, melancólico e meio louco, que se instala com a filha, Rosa, na cidade fronteiriça de Santa Teresa? O que liga o forasteiro chileno à série de homicídios de contornos macabros que vitimam centenas de mulheres no deserto de Sonora? E o que liga Benno von Archimboldi, o secreto e misterioso escritor alemão do pós-guerra, a essas mulheres barbaramente violadas e assassinadas? 2666.

Ficou curioso? A um preço destes é impossível resistir. Os livros usados que merecem ser lidos.

Guia de História da Arte Contemporânea – Silvia Ferrari

Numa rápida sequência cronológica, esta obra apresenta os momentos mais significativos do universo artístico de Novecentos, evidenciando-os através de testemunhos de extrema clareza e de imagens que são, para muitos, inéditas. Faz uma síntese muito completa da pintura e da arquitectura deste período e tece investigações críticas sobre escultura, design, cinema e moda. Nestas páginas, o leitor poderá descobrir pistas úteis para se orientar com segurança através dos grandes museus de arte contemporânea de todo o mundo.

Conta ainda com um extenso capítulo sobre a arte contemporânea portuguesa, da autoria de Cristina Azevedo Tavares.

Um livro ideal para si. Um livro de qualidade. Adquira já.

Viragem aos Oitenta – Henry Miller

São as pequenas coisas que contam, não a fama, o êxito ou a riqueza. No topo, há muito pouco espaço enquanto em baixo há muitos como você, não há enchentes nem ninguém para o provocar. Não pense, nem por um momento, que a vida de um génio é feliz. Longe disso. Seja grato por ser ninguém. 

Uma obra que é de boa leitura e essencial para aprender a sermos gratos por não sermos ninguém. Já conhece? Se ainda não conhece, aproveite para comprar. 

Húmus – Raul Brandão

Publicado pela primeira vez em 1917, Húmus, a obra prima de Raul Brandão, é um misto de diário, feito de visões e reflexões metafísicas, e de ficção simbólica, onde se alternam dois monólogos interiores em fragmentos datados ao longo de cerca de um ano — o monólogo do autor/narrador, na primeira pessoa, e o de um filósofo lunático, alter ego do autor, apodado de Gabiru.

Um clássico da Literatura Portuguesa que é de grande qualidade. Já leu? Se ainda não leu, está no sítio certo. Mande vir através do website ou então dirija-se à Livraria Alquimia.

O Jovem Persa – Mary Renault

Nele Alexandre e o seu império são observados pelo olhar apaixonado do jovem Bagoas. Mário Avelar, que traduz e posfacia este longo romance, escreveu: “‘O Jovem Persa’ é narrado através de uma personagem que participa da ação, Bagoas. Como o próprio título sugere, e como fica nítido nas primeiras linhas, esta é uma história de um jovem persa; e também uma história de amor. Os grandes feitos de Alexandre, a consolidação e expansão do império, com tudo o que isso significa de expectativa e mudança de um olhar face a um mundo que se transforma, são descritos sob uma perspectiva apaixonada. 

O meu amante de domingo – Alexandra Lucas Coelho

Uma mulher está decidida a matar um homem, entre a sua casa no Alentejo e as idas a Lisboa, ao domingo. Durante um mês, entre 16 de Junho e 16 de Julho de 2014, acompanhamos os planos de tortura, o livro que ela decide escrever e os vários cúmplices: amantes, amigos, vivos e mortos. 

O Deus das Moscas – William Golding

O Deus das Moscas é um dos mais perturbadores e aclamados romances da atualidade.

Um avião despenha-se numa ilha deserta, e os únicos sobreviventes são um grupo de rapazes. Inicialmente, desfrutando da liberdade total e festejando a ausência de adultos, unem forças, cooperando na procura de alimentos, na construção de abrigos e na manutenção de sinais de fogo. Porém, à medida que o frágil sentido de ordem dos jovens começa a fraquejar, também os seus medos começam a tomar sinistras e primitivas formas. 

Crónica de uma morte anunciada – Gabriel García Marquez

Uma obra que está incluída no Plano Nacional de Leitura. Vítima da denúncia falaciosa de uma mulher repudiada na noite de núpcias, o jovem Santiago Nasar foi condenado à morte pelos irmãos da sua hipotética amante, como forma de vingar publicamente a sua honra ultrajada e sob o olhar cúmplice ou impotente da população expectante de uma aldeia colombiana.

Peter Camenzind – Hermann Hesse 

Peter Camenzind insatisfeito com a sociedade e cheio de anseios por uma vida mais profunda, empreende tentativas intermináveis para descobrir o seu verdadeiro eu. Camenzind acredita que alcançará o seu ideal estético, a iluminação e o autoconhecimento através de viagens e dos prazeres mundanos. Depois de alguns amores falhados e de uma amizade marcada pela tragédia, o seu idealismo transforma-se num esmagador desespero, e só voltará a encontrar paz quando, decide cuidar de um pobre estropiado meio paralítico que renova o amor de Camenzind pela humanidade e o inspira a procurar a alegria nas pequenas coisas da vida.

Samarcanda – Amin Maalouf 

Escrito no estilo colorido e poético dos velhos contos orientais, esta obra aborda dois períodos cruciais da sua história: A dominação da dinastia turcomana dos Seljúcidas, nos séculos XI e XII. O dealbar do século XX em que despontam os anseios de reformas democráticas e de emancipação patriótica.

Samarcanda é a Pérsia de Ornar Khayyam, poeta do vinho, livre-pensador, astrónomo de génio, mas também a de Hassan Sabbah, fundador da seita dos Assassinos, a mais temível da História. É também o Oriente do século XIX e do dealbar do século XX. Samarcanda é a aventura de um manuscrito nascido no século XI. 

Venha visitar a Livraria Alquimia e ver os Livros Usados

Na Livraria Alquimia pode encontrar livros usados entre os 5 euros e os 10 euros. Do que está à espera? Gosta de alguma das nossas sugestões?

Faça já a sua encomenda.  🙌📘

Para concluir, siga o nosso blog para estar a par de todas as novidades e siga as nossas redes sociais facebook e instagram.

Tudo Sobre a Livraria Alquimia

18 de Outubro, 2022

Os Benefícios da Leitura

18 de Outubro, 2022